Arte Tumular – Mausoléu dos Chapeleiros

Arte Tumular – Cemitério da Consolação Mausoléu dos Chapeleiros Aproveitando a postagem anterior, onde falamos sobre o “chapeleiro” João Adolfo. Mausoléu dos Chapeleiros, composto por uma faixa estilizada em bronze, com a inscrição: “1881 – Sociedade Beneficente dos Chapeleiros – Fábrica de Chapéus 2 de Julho – João Adolfo”. Abaixo aparece um baixo relevo em…

Arte Tumular – João Adolfo Schritzmeyer

Arte Tumular – Cemitério da Consolação Jazigo de João Adolfo Schritzmeyer João Adolfo Schritzmeyer (1828-1902) nasceu em Hamburgo, na Alemanha, veio para o Brasil em 1848 e, em 1853, estabeleceu a fábrica de chapéus, que no final do século XIX declarava ser a mais antiga do Estado de São Paulo, tendo sido confirmada por Antônio…

Palácio do Correio

Bom Dia! Boa Sexta! Palácio do Correio Os Correios na Capitania de São Paulo foram criados em 28 de julho de 1798 e sua primeira sede estava localizava na ala lateral do Convento do Colégio, mudando-se em 1877 para um sobrado na esquina das ruas do Carmo (atual Roberto Simonsen) e da Fundição (atual Floriano…

Viaducto do Chá

Viaduto do Chá “Em uma tarde de maio de 1889, toda a cidade de São Paulo alvoroçou-se e veio para a rua. Uma notícia correra como um raio: os Tatuí tinham perdido a causa” Moravam eles num sobrado que ficava na Rua de São José (hoje Líbero Badaró), exatamente na entrada do Viaduto do Chá….

“Há flores em tudo que vejo…”

Boa Noite! Visitando o Cemitério do Araçá, em busca de obras de arte para compor as publicações sobre Arte Tumular, captei esse interessante registro. E junto dele, me veio a mente um trecho da música dos Titãs: “…Há flores cobrindo o telhado E embaixo do meu travesseiro Há flores por todos os lados Há flores…