Vou ali na pharmacia!

Boa Noite!

“Um dos mais antigos estabelecimentos n’este genero, que se transferiu ultimamente da rua 15 de Novembro, 22-A, para rua Direita, 35-A.”

Fico curioso, será que era realmente “um dos mais antigos estabelecimentos n’este genero” ou era apenas uma jogada de marketing? Essa é uma das muitas questões difíceis de se responder, na “sombria” história dos estabelecimentos de São Paulo (e porque não dizer, do Brasil). Sombria porque é difícil encontrar informações mais precisas sobre a história das lojas e dos diversos tipos de comércio da cidade.

Algumas lojas, como, a Casa Lebre, Casa Baruel, Casa Fretin, Mappin, Mesbla (e tantas outras), marcaram a história da cidade e informações sobre elas, existem aos montes na rede. Mas o que dizer de estabelecimentos como a Pharmácia Borges? O anúncio publicado em 1918, dá algumas dicas como o nome dos fundadores e o endereço, mas, quando foi fundada? Até quando funcionou? Esse prédio ainda existe, se existe, qual é o atual n.º 35-A da rua Direta atualmente? Se não existe, o que temos no local do antigo prédio?

Infelizmente, a pergunta mais fácil de se responder é se o prédio ainda existe. Em 1918 (ano do anúncio), São Paulo vivia sua “Belle Époque”, a cidade mudava de costumes e de aparência, ficou mais “européia”. Essa cidade européia durou até o final dos anos 30, quando dava lugar a São Paulo “nova-iorquina”. E das ruas do Triângulo, a Direita é que menos teve preservada seu patrimônio arquitetônico.

Fachada da Farmácia Borges, que ficava na Rua Direita n.º 55A. Atual ? Publicado na  A Cigarra de janeiro de 1918.
Fachada da Farmácia Borges, que ficava na Rua Direita n.º 55A. Atual ? Publicado na A Cigarra de janeiro de 1918.

Este era o anúncio que acompanhava a imagem ao lado:
“Um dos mais antigos estabelecimentos n’este genero, que se transferiu ultimamente da rua 15 de Novembro, 22-A, para rua Direita, 35-A. Os srs. Azevedo Castro & Co. proprietarios do mesmo, no intuito de melhor servir a sua vasta clientela, transladaram-se para aquelle predio, que foi especialmente modificado e adaptado, possuindo amplos e hygienicos laboratorios com os mais aperfeiçoados apparelhos para preparação de chimicas e pharmaceuticas”

Anúncio publicado na edição de janeiro de 1918, na revista A Cigarra, que encontra-se digitalizada no Acervo do Arquivo Público do Estado de São Paulo.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s