Dia do Fico

Bom Dia!
Hoje na História.

Há 192 anos atrás, no dia 9 de janeiro de 1822, uma célebre frase foi dita para o público, pelo então Príncipe Regente, D. Pedro e entrou para a história do Brasil: “Se é para o bem de todos e felicidade geral da Nação, estou pronto! Digam ao povo que fico!.”

Aclamação de D. Pedro no Campo de Santana, c.1822, Litografia aguarelada, em "Voyage Pittoresque et Historique au Brésil", III, Paris, Firmin Didot Frères, 1839, Aguarela de Jean-Baptiste Debret (1768-1848) - Acervo: The Library of Congress of United States.
Aclamação de D. Pedro no Campo de Santana, c.1822, Litografia aguarelada, em “Voyage Pittoresque et Historique au Brésil”, III, Paris, Firmin Didot Frères, 1839, Aguarela de Jean-Baptiste Debret (1768-1848) – Acervo: The Library of Congress of United States.

Para entender todo contexto dessa frase, vamos voltar um pouco no tempo, para o ano de 1808. Nesse ano, a Coroa Portuguesa, evitando um confronto com as tropas de general francês Napoleão Bonaparte, que já havia destronado diversos reis europeus, foge para o Brasil.

A chegada da família real teve um grande significado para o desenvolvimento do país que até então, era uma das colônias de Portugal. A fixação da corte no Rio de Janeiro teve inúmeras consequências políticas e econômicas, dentre as quais podemos destacar, a elevação do país à categoria de Reino Unido a Portugal e Algarves, em 1815.

c.1816 - Retrato de D. Pedro com aproximadamente 18 anos de Jean-Baptiste Debret
c.1816 – Retrato de D. Pedro com aproximadamente 18 anos de Jean-Baptiste Debret

 

Entretanto, cinco anos depois, com as reviravoltas da política européia e o fim da Era Napoleônica, uma revolução explodiu em Portugal. As elites políticas de Lisboa adotaram uma nova Constituição e instituíram as Cortes Gerais e Extraordinárias da Nação Portuguesa, que aceitavam a monarquia, mas limitavam o poder do rei. Dom João VI, com medo de perder o trono, voltou para Lisboa, deixando aqui seu filho, Dom Pedro, na condição de Príncipe Regente.

c.1830 - D. Pedro I - Óleo sobre Tela de Simplício Rodrigues de Sá (1785-1839). Acervo do Museu Imperial
c.1830 – D. Pedro I – Óleo sobre Tela de Simplício Rodrigues de Sá (1785-1839). Acervo do Museu Imperial

 

Nos planos das Cortes, estava o retorno de D. Pedro para Lisboa e a transformação do Brasil novamente em uma colônia portuguesa, deixando o governo do país entregue a uma junta submissa a Coroa.

Os liberais radicais se uniram ao Partido Brasileiro tentando manter a autoridade do Brasil e em resposta, organizaram uma movimentação para reunir assinaturas a favor da permanência do príncipe. Assim, pressionariam D. Pedro a ficar, juntando 8 mil assinaturas. Foi então que, contrariando as ordens emanadas por Portugal para seu retorno à Europa, declarou para o público a célebre frase, que entrou para a história como o “Dia do Fico”.

Ela marca a adesão do príncipe regente ao Brasil e à causa brasileira, que vai culminar em nossa Independência, no mês de setembro daquele ano.

Fonte: Renata William Santos do Vale, Presidência da República, Ministério da Justiça, Arquivo Nacional, História Luso-Brasileira, Independência do Brasil, Do Reino Unido a Estado emancipado: comentário acerca do processo de independência do Brasil.

Anúncios

3 comentários Adicione o seu

  1. Cadu disse:

    Olá Felipe, antes de tudo, se esta mensagem for ofensiva para você, por favor, desconsidere-a. Meu nome é Cadu e gostaria de te convidar para conhecer um novo e bom lugar a mais para ter seu blog e fazer seus comentários diários sobre o que quiser falar. Sinta-se à vontade para visitar o site weweh.com e ver se te interessa e é proveitoso ter sua página lá. É grátis e a visualização de suas publicações é excelente, por dois fatores: assim que sua publicação é feita, ela aparece para todos que veem o site numa página chamada “agora”, http://www.weweh.com/agora e você também você pode direcionar para o espaço que seja melhor pra você. Ex: cidadãos, estudantes, esportistas, mães, cinéfilos, leitores, entre mais de 20 opções, http://www.weweh.com/pesquisar . Publicar para todos, só para homens, só para mulheres. Você poderá ser achado exatamente pelo que publica de interessante, seja sobre qual assunto for já que a página frontal do site é de procura, ou seja, você será achado por qualquer um que visita o site, não só amigos ou conhecidos de amigos, tendo assinantes em seu canal. Veja uma página já sendo usada por um usuário para conhecer: http://www.weweh.com/carlos (aonde eu mesmo falo muito sobre fotografia). É só clicar em assuntos para visualizar todas as publicações. É um site voltado para ideias, paixões e talentos. A convergência dos fóruns com os blogs. De novo, se esta mensagem for ofensiva para você, por favor, desconsidere-a e desculpe por qualquer inconveniente. Agradeço.
    Cadu Roncatti Bomfim.

    Curtir

    1. feherculano disse:

      Não é ofensivo não Cadu… agradeço a dica…
      Eu posso manter esse meu blog e usar essa plataforma como?
      Vou analisar e verificar como funciona a ferramente, mas de início, pareceu muito interessante!
      Obrigado!

      Curtir

    2. feherculano disse:

      Cadu,
      Criei o perfil do Sampa nessa página. Aqui está.
      https://www.weweh.com/sampahistorica/

      Tentei comentar no seu perfil, não encontrei onde.
      Abraço.

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s