Companhia Campineira

Bom Dia!

Essa publicação foi produzida pelo amigo, pesquisador de transportes antigos, Rafael Mendes.

Três tipos de bondes que pertenceram à Companhia Campineira de Tracção Luz e Força (CCTL&F). Os modelos são de fabricação americana da empresa J. G. Brill e motores Westinghouse. O bonde de passageiros contava com apenas 1 “truck” para bitola métrica. Esse foi um dos tipos mais comuns das grandes capitais brasileiras, inclusive, um dos mais usados no Rio de Janeiro na mesma época. Era bidirecional com 10 bancos para 40 passageiros, tinha entorno de 8 m de comprimento, por 1,80 m de largura máxima e pesava umas 9 toneladas. A revista da J. G. Brill comentou sobre as características do veículo, em especial do sistema de calhas para as fortes chuvas típicas da cidade.

Bonde para 40 passageiros fabricado pela J. G. Brill para a Companhia Campineira de Tracção Luz e Força - Brill Magazine - Julho de 1912
Bonde para 40 passageiros fabricado pela J. G. Brill para a Companhia Campineira de Tracção Luz e Força – Brill Magazine – Julho de 1912

Já os bondes do tipo “gôndola”, destinados ao transporte de carga e construção, vieram em duas versões: três de 1 truck, semelhante ao de passageiros, e um de 2 trucks para trabalhos pesados, esses mesmos veículos provavelmente foram usados na colocação dos trilhos e postes da malha viária. No dia 20 de Fevereiro de 1912, chegaram os oito bondes encomendados, mais os quatro gôndolas, enquanto a CCTL&F adiantava as instalações da casa de força e dos postes de iluminação pública que seria inaugurada concomitantemente com os bondes. As festividades da inauguração ocorreram no dia 24 de Junho de 1912, com queima de fogos e a participação da banda da Força Pública.

1912 - Bonde gôndola ou plataforma de 1 truck fabricado pela J. G. Brill para a Companhia Campineira de Tracção Luz e Força - Brill Magazine - Julho

 

1912 - Bonde gôndola ou plataforma de 2 trucks fabricado pela J. G. Brill para a Companhia Campineira de Tracção Luz e Força - Brill Magazine - 1912

 

Funcionários da Companhia Campineira de Tracção Luz e Força instalando as linhas de força dos bondes elétricos e de iluminação pública - O Malho - Janeiro de 1912
Funcionários da Companhia Campineira de Tracção Luz e Força instalando as linhas de força dos bondes elétricos e de iluminação pública – O Malho – Janeiro de 1912

O jornal Correio Paulistano publicou uma nota detalhada sobre o evento:

1912 - Nota de Inauguração dos Bondes Elétricos de Campinas - Correio Paulistano (salve a imagem em seu computador para poder realizar a leitura)
1912 – Nota de Inauguração dos Bondes Elétricos de Campinas – Correio Paulistano
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s