Interminável

A Praça da Sé e a Catedral interminável, acredito que no início da década de 1940.

A nova igreja matriz de São Paulo, teve sua construção iniciada em 1913, foi inaugurada incompleta, sem suas torres, nas comemorações do IV Centenário da cidade, em 1954. As torres foram concluídas na década de 1970 e a igreja pronta de acordo com o projeto, somente nos anos 2000.

1940 - Praça da Sé - Santa Helena e Catedral - Fotolabor - DCP

Temos do lado esquerdo, todo o quarteirão que foi demolido nos anos 1970 para a abertura da estação Sé do metrô, incluindo o belíssimo Palacete Santa Helena, um dos mais belos teatros que a cidade já teve. Do lado direito, temos no plano médio, o prédio com a cúpula, que ainda está lá, é o Palacete São Paulo e no final da rua, a secular Igreja de São Gonçalo, erguida no século XVIII. E na parte central, a charmosa parada de bonde da Sé, semelhante a que ainda existe e resiste ao tempo, na Praça João Mendes.

Postal editado pela Fotolabor.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s