Largo do Palácio

Boa Tarde!

Todo esplendor do Largo do Palácio (Pátio do Colégio), em postal editado por Rosenhain & Meyer e circulado em 1903.

1903 - Secretaria da Agricultura e Polícia Central - Rosenhain & Meyer - DCP

Vemos da esquerda para direita a Assembléia Constituinte, que foi construído sobre parte da torre da antiga igreja dos jesuítas, a Secretaria de Agricultura (o único da foto que ainda existe) e a Polícia Central. Podemos ver também o portão que controlava o acesso ao Palácio dos Governadores.

Até a expulsão dos jesuítas, em 1760, o Colégio de São Paulo fora o centro da cultura paulista por dois séculos. A informação mais antiga a respeito da transformação do antigo colégio em Palácio dos Capitães Generais é um relato enviado ao Vice-Rei, por D. Luiz Antonio de Souza Botelho Mourão, conhecido como Morgado de Mateus, primeiro a ocupar o antigo edifício dos jesuítas. O Patio do Colégio permaneceu como sede do governo paulista até 1912, quando se mudou para o luxuoso Palacete Elias Chaves, nos Campos Elíseos. Em 1932, o antigo Palácio dos Governadores passou a abrigar a Secretaria de Educação, que permaneceu no local até 1953, ano que foi demolido e o sítio histórico da fundação de São Paulo é devolvido aos jesuítas, como um dos marcos iniciais da comemoração dos 400 anos da cidade, em 1954.

Fonte: Maria Aparecida Lomonaco, in “Os Nascimentos de São Paulo”, págs. 122 a 132

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s