Igreja de Santa Cecília

Boa Tarde!

A historia do largo e do bairro de Santa Cecília começou em 1860, quando moradores da região pediram licença à prefeitura para construir uma capela de madeira – o que foi imediatamente aceito. Um ajuntamento de pessoas começou a tomar forma, já que a cidade crescia em direção ao largo do Arouche e à área onde hoje é a Vila Buarque. A localidade desenvolveu-se devido ao loteamento de algumas chácaras e, como sempre, a igreja foi o chamariz de novos moradores.

Uma delas foi arrematada, com a falência do Banco Mauá, por Francisco Aguiar de Barros; após a sua morte, a chácara ficou para a viúva, dona Maria Angélica de Sousa Queiros de Barros, que promoveu a abertura de ruas, dando lugar ao bairro de Santa Cecília.

A igreja de Santa Cecília em postal circulado em 1913. Autoria desconhecida, encontrado em um site de leilões.
A igreja de Santa Cecília em postal circulado em 1913. Autoria desconhecida, encontrado em um site de leilões.

“Largo” é uma referência à antiga capela de Santa Cecília, feita de madeira, em abril de 1861, substituída por outra em 1884 – também demolida para dar lugar à atual, fundada e 1895 e inaugurada em 1901¹

Igreja de Santa Cecília em fotografia de março/2013. Acervo Felipe Herculano/Sampa Histórica
Igreja de Santa Cecília em fotografia de março/2013. Acervo Felipe Herculano/Sampa Histórica
Igreja de Santa Cecília em fotografia de março/2013. Acervo Felipe Herculano/Sampa Histórica
Igreja de Santa Cecília em fotografia de março/2013. Acervo Felipe Herculano/Sampa Histórica

A igreja de Santa Cecília deve o seu atual edifício, ao Pe. Paulo Pedroso que chamou Benedito Calixto e Oscar Pereira da Silva para pintar os murais e as telas, adquiriu o órgão e resguardou um dos sinos da antiga Igreja da Sé que tocou nas festividades da Independência. Em 1947 veio o padre Lino dos Santos Brito e em 1988 iniciou o trabalho do padre Alfredo Nascimento Lima, que restaurou toda a Igreja, criou mais horários de missas, e atende diariamente a comunidade e os fiéis. A Paróquia foi um dos santuários jubilares no ano de 2000. Em 22 de novembro comemora-se o Dia de Santa Cecília, Padroeira dos Músicos.²

Igreja de Santa Cecília em fotografia de março/2013. Acervo Felipe Herculano/Sampa Histórica
Igreja de Santa Cecília em fotografia de março/2013. Acervo Felipe Herculano/Sampa Histórica

Fontes:
¹ http://www.spbairros.com.br/santa-cecilia/
² http://www.regiaose.org.br/aspx/DetailsParoquia.aspx?idEntidade=523

Anúncios

2 comentários Adicione o seu

  1. Ida Lucia Orosz Vichneovski disse:

    Quanta saudade!Nessa igreja fui batizada,crismada e me casei em 1968.Hoje moro no interior mas,sempre que vou à São Paulo vou até lá.

    Curtir

  2. Fui batizada e fiz primeira comunhão com o Padre Lino. Até hoje participo de suas missas realizada pelo padre Alfredo.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s