Quatro Cantos

Bom Dia!

Mais uma sensacional colorização do Reinaldo Elias e sua série “Colorindo o Passado.”
Na foto, o detalhe ampliado de uma foto de Aurélio Becherini que mostra a célebre esquina do Centro Velho, conhecida como “Quatro Cantos”, o cruzamento da rua São Bento com a Direita. Esse cruzamento desapareceu com a abertura da praça do Patriarca.

1908 - Rua São Bento e Direita - Quatro Cantos - Aurélio Becherini - Colorizada por Reinaldo Elias.
Tão célebre quanto o cruzamento, é a mão de madeira pendurada no prédio e fazia parte do estabelecimento “À Luva Paulistana”. Segundo Heloísa Barbuy em seu livro “A Cidade Exposição, Comércio e Cosmopolitismo em São Paulo, 1869-1914” página 200:
“(…) Fabricava peças em pelica para homens e mulheres, além de importar “luvas de fantasia”, isto é, de materiais menos nobres, Declarava executar encomendas em apenas uma hora, respondendo ao apreço pela rapidez, um dos valores cultuados pela sociedade industrial. Nessa esquina do Quatro Cantos, bem defronte, por um lado, à Chapelaria Schritzmeyer e, pelo outro lado, ao Hotel de França, pendurou-se uma grande mão de madeira, fazendo as vezes de tabuleta para indicar o ramo de atividade do estabelecimento (…)”

A imagem é c. 1908/1912 e faz parte do acervo do Departamento do Patrimônio Histórico da Prefeitura de São Paulo.
Abaixo, a foto original:

1908 - Rua São Bento e Direita - Quatro Cantos - Aurélio Becherini

Anúncios

2 comentários Adicione o seu

  1. Legal!!! Saudades da São Paulo de antes….

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s