Rua do Carmo e Recolhimento de Santa Tereza

Rua do Carmo e Recolhimento de Santa Tereza.
A rua do Carmo já teve outros nomes. Antigo caminho que se formou para ligar a Igreja matriz (antiga Sé) e a Igreja do Pátio do Colégio ao conjunto formado pelas Igrejas e o Convento do Carmo, teve sua existência registrada em 1683, como “rua que vai da Matriz para o Carmo”. Desde então ficou conhecida como Rua do Carmo.

1910 - Rua do Carmo e Convento de Santa Tereza - Aurélio Becherini - AHSP

Em 1685, construiu-se ali o Recolhimento de Santa Tereza (demolido no início do século 20) e o caminho passou a se chamar, então, Rua de Santa Tereza, mas somente entre o Pátio do Colégio e a antiga Ladeira do Carmo (pra onde vão os trilhos do bonde, atual avenida Rangel Pestana). Só em 1865 voltou a ter, oficialmente, o nome de Rua do Carmo, embora tenha se mantido sempre conhecido pelos dois nomes ao mesmo tempo: Rua do Carmo e Rua de Santa Tereza.
Em 1948, para homenagear o economista e historiador Roberto Simonsen, então recentemente falecido, aquele trecho da Rua do Carmo passou a ter seu nome: Rua Roberto Simonsen.

A foto é de Aurélio Becherini, acervo do Museu da Cidade de SP.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s