Triângulo Histórico – Rua Direita

Boa Tarde!

Finalizando nosso passeio pelo Triângulo Histórico, agora passaremos pela Rua Direita.

Um dos mais antigos logradouros da cidade de São Paulo, a Rua Direita foi aberta ainda no século XVI com o intuito de fazer a ligação do centro da cidade com a antiga estrada que levava à aldeia indígena de Pinheiros. Naquela época, ela iniciava-se no Largo da Sé e seguia em direção ao Piques (atual Largo da Memória e Praça da Bandeira). Ali iniciava a antiga Estrada de Sorocaba (atual Rua da Consolação) que levava até Pinheiros. Já em 1638 encontramos referências de sua existência na malha urbana.

Naquela época ela era conhecida como “Rua que vai para Santo Antônio”, numa clara alusão à Igreja de Santo Antonio, localizada hoje na Praça do Patriarca. Mais tarde, ela passou a ser conhecida como “Rua Direita da Misericórdia para Santo Antônio” numa referência à Igreja da Misericórdia (hoje demolida) que localizava-se no Largo da Misericórdia. Encontramos também para ela o nome de “Direita de Santo Antônio”. De qualquer modo, a origem do nome “Direita”, estava sempre ligado a uma Igreja, seja a da Misericórdia, seja a de Santo Antônio. Nesse caso, temos aqui uma referência da tradição portuguesa de denominar as ruas principais de cada cidade como iniciando-se “à Direita” da porta principal de cada templo.

Rua Direita em direção ao Largo da Sé em postal circulado nos primeiros anos do século XX - Editor Malusardi
Rua Direita em direção ao Largo da Sé em postal circulado nos primeiros anos do século XX – Editor Malusardi

Em conjunto com as Ruas São Bento e XV de Novembro, a Rua Direita formou o célebre “Triângulo” paulistano, centro da vida comercial, intelectual e elegante da São Paulo de finais do século XIX e início do século XX. No seu cruzamento com a Rua São Bento, tínhamos também o famoso “Quatro Cantos”, numa época em que ainda não existia a Praça do Patriarca. Era este um dos pontos mais frequentados da cidade.

Foto: Rua Direita em direção ao Largo da Sé em postal circulado nos primeiros anos do século XX. Editor Malusardi
Fonte Texto: Dicionário de Ruas de São Paulo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s