São Paulo de Edmund Pink

Bom Dia!

Como será que era São Paulo em 1823?
A cidade, que pouco tempo antes havia conquistado o título de “Imperial Cidade de São Paulo”, possuía suas ruas de terra, ainda era possível ouvir o rangido das carroças, puxadas por muares cruzando a cidade, os escravos circulavam com mercadorias e executavam o trabalho de seus senhores, havia constante comércio na rua das Casinhas, na da Quitanda, no Porto Geral… A literatura conta que era uma cidade modorrenta, com ruas desertas, casas sujas…

Praça da Catedral. A antiga Matriz da Sé é a igreja do lado direito e a com suas duas torres era a de São Pedro dos Clérigos.
Praça da Catedral. A antiga Matriz da Sé é a igreja do lado direito e a com suas duas torres era a de São Pedro dos Clérigos.
Panorama da Cidade de São Pão Paulo Tomado de uma Elevação à Direita do Caminho de Itu
Panorama da Cidade de São Pão Paulo Tomado de uma Elevação à Direita do Caminho de Itu

Mas não é a cidade que parece ter sido retratada por Edmund Pink.
O artista, arquiteto, engenheiro e comerciante inglês Edmund Pink veio para o Brasil em 1823 e aqui produziu aquarelas e um diário de viagem com impressões sensíveis e minimalistas, que traduzem sua percepção sobre a cidade de São Paulo. Nas imagens que possui dele, podemos tirar nossas conclusões e imaginar como seria vagar por essa São Paulo Imperial.

Vista da Cidade de São Paulo. Acredito que a primeira construção religiosa, a nossa esquerda, isolada do centro deve ser o Convento da Imaculada Conceição da Luz, já com sua entrada principal voltada para o Caminho do Guaré, atual Av. Tiradentes. Em seguida o Mosteiro de São Bento, Igreja de Santo Antônio, Igreja do Rosário (ou da Misericórdia?), Colégio dos Jesuítas, Igreja da Sé da Assunção de Nossa Senhora, Igreja da Ordem Terceira de São Francisco, Igreja da Ordem Terceira do Carmo e Igreja Nossa Senhora da Boa Morte.
Vista da Cidade de São Paulo. Acredito que a primeira construção religiosa, a nossa esquerda, isolada do centro deve ser o Convento da Imaculada Conceição da Luz, já com sua entrada principal voltada para o Caminho do Guaré, atual Av. Tiradentes. Em seguida o Mosteiro de São Bento, Igreja de Santo Antônio, Igreja do Rosário (ou da Misericórdia?), Colégio dos Jesuítas, Igreja da Sé da Assunção de Nossa Senhora, Igreja da Ordem Terceira de São Francisco, Igreja da Ordem Terceira do Carmo e Igreja Nossa Senhora da Boa Morte.
Panorama da Cidade de São Pão Paulo Tomado de uma Elevação à Direita do Caminho de Itu .
Perfil da Cidade de São Paulo tomado das imediações da Forca (região da atual Liberdade), à esquerda do Caminho de Santos, na entrada da cidade.
Vista da Cidade de Mogi-Mirim, tomada à esquerda do caminho de Goiás
Vista da Cidade de Mogi-Mirim, tomada à esquerda do caminho de Goiás

Fontes:
Todas as imagens pertencem ao acervo do BM&F BOVESPA. E podem ser vistas também nesse ótimo livro http://www.dbaeditora.com.br/loja/index.php?route=product/product&path=66&product_id=136

Anúncios

1 comentário Adicione o seu

  1. Republicou isso em Sampa Históricae comentado:

    Boa noite!
    Publicação do ano passado.
    Sempre bom rever as pinturas de Edmund Pink!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s